terça-feira, 27 de junho de 2017

CERVEJANDO

Prefiro beber sozinha
na paz e na solidão
conversa de bar é fofoca
não combina com reflexão

          Não bebo falando dos outros
          nem cultivo futilidade
          cerveja pede respeito
          sabedoria e privacidade

Por isso me isolo do grupo
que bebe apenas por diversão
são pessoas desorientadas
bebendo cerveja sem precaução




                                                                           Maat* 2017

AGRADEÇO

                               AGRADEÇO

                  Agradeço pelo dia de hoje
                  por tudo que vi e ouvi
                  por cada situação vivida
                  andando aqui e alí

                       Agradeço pelo dia corrido
                       pelas metas que pude cumprir
                       por ter visto o sol ir embora
                       e visto a lua sagrada surgir

                               Sou grata também as estrelas
                               e tudo mais que vive no céu
                               Sou grata a amada Mãe Terra
                               Aos Mestres da Luz e Arcanjo Miguel

                                                     Maat* 2017


O TREM


Escuto o barulho do trem
que passa não muito distante
é gente voltando pra casa
num vai e vem fatigante
 


Quando estou na cama a noite
   ouço o trem balançando nos trilhos
       carregando pessoas cansadas
                trabalhadores, mulheres e filhos

                       Em prece suplico a Deus
                       que ordene aos anjos da paz
                       acompanharem os passageiros
                       da linha da Lapa até o Bras


           
                                                                    Maat* 2017


segunda-feira, 26 de junho de 2017

SAMPA / FRIO

Sampa com chuva deprê
e eu mergulhando no trio: banho, pijama e cama
me preservando do frio

Estressados buzinam lá fora
como eu em tempo passado
pegando e levando filhos
indo dar aula aflita no carro

Hoje só quero paz : sofá,poesia e viola
Mereço sossego na vida
Não me interessa o mundo lá fora.


    Maat* 2017

domingo, 25 de junho de 2017

DOMINGÃO


Domingo não é favorável
para labuta ou pra versejar
no domingo poesia não vira
é dia gerado pra descansar

Poeta também tem preguiça
sono,indolencia e vadiação
Poeta também fica a toa
curtindo ocioso o seu domingão

        Maat* 2017


EXAURIDA

Para onde vão minhas energias ? Por que acordo cansada ?


Logo de manhã exaurida e prostrada?


O que tenho feito a noite ?
Será que vago por mundos perdida ?



Por que sonhei com animais?

Pavão branco,cobra,jaguar ..? 

Meu sonho parecia zoológico,mas tinha uma história e preciso lembrar.



Fato é que acordei,abatida
 sem energia e apalermada
Só Deus sabe por onde andei
enquanto dormia de madrugada


Maat* 2017

terça-feira, 20 de junho de 2017

EU E A VIOLETA


           Encostei minha mão na violeta
           inspirada na crença plausível
           que nossos elétrons se mesclem
           e o miraculoso se faça possível

                    A violeta me daria beleza
                    simplicidade e aceitação
                    Eu lhe daria amor

                    cuidados sem fim e admiração


                                                                   Maat* 2017

MOMENTO ESPECIAL

Não sou dona da minha vida
do meu dinheiro e da minha vontade
obedeço o fluxo de quem me chama
carente de amor ou de caridade



Em companhia da minha cerveja
cultivo um pouco de privacidade
reabasteço na reflexão

                                                 a energia usada na minha bondade

                                   Esse momento é especial
                                   minha solidão abençoada
                                   entre um gole e um pensamento
                                   sinto a força restaurada



                                                                        Maat* 2017


PRECE HUMILDE

  
        Humildemente clamo ao senhor
        paciencia e persuassão
        preciso aceitar os limites
        de espaços que não me darão

              Aceito o silencio imposto
              com muita resignação
              Meu tempo passou, obedeço
              Fui mãe, sou avó sem razão


                                   Maat* 2017


TRANSEUNTE

Perambulando pra lá e pra cá
bolsa, sacola e casaco na mão
desprovida das minhas coisas
fico dispersa e sem atenção

       Nem espaço tenho  mais
       meus pertences a vagar
       fiquei sem computador
       mas uso a mente e o celular
      

              Peço a Deus que não me tire
              a capacidade de pensar
              fazer rimas,montar versos

              criar temas e inovar

                                              Maat* 2017


segunda-feira, 19 de junho de 2017

OLHANDO O PASSADO

Como é triste olhar para trás
e se arrepender do que fez
ver que a vida estava sem rumo
por falta de lucidez

Como é bom ver a vida nos trilhos
com equilíbrio,saude e paz
feliz porque tudo mudou
e o passado ficou para trás


                                                                           Maat* 2017

ZICA

ZICA 
O tempo muda de novo
muda também minha vida
o que era para ter sido não foi
Nada mudou…que pena ! Deu zica !



Se porém tudo mudasse
assim como o tempo mudou
não estaria aqui agora
a lhes dizer que a esperança brochou


Maat* 2017

ESPERANDO O FRIO

Chupando laranja azeda
e vendo o céu pela janela
esperando o frio chegar
embaixo do edredom de flanela

Sozinha no apartamento
me ponho a meditar
se na vida é preciso ser útil
melhor ver o céu em outro lugar

Levanto e vou pra cozinha
Troco a laranja pelo chá quente
Preciso fazer algo útil
no meu caso, faxina na mente
             Maat* 2017


terça-feira, 13 de junho de 2017

PING PONG EMOCIONAL

                                                 

 No ritmo da bolinha
 meus pensamentos vem e vão
 meu coração repica no peito

 enquanto a bolinha repica no chão
 
                      Não consigo focar no jogo
                      perco saques, não rebato casquinha
                      minhas emoções  sobem e descem
                      em sintonia com a bolinha

                                           Rebato com força fora da mesa
                                           e derrubo a raquete de tanta emoção
                                           a bolinha queima na rede
                                           e teus olhos queimam meu coração

                                                      Maat* 2017

GRABOVOI

                                                        Nos números de Grabovoi
                                                 tento mudar minha vida
                                                 mentalizo e canto as sequências
                                                 enquanto trabalho na lida

 

                                            Dinheiro,saúde,fartura
                               recompensa e gratidão
                               repito e repito os mantras
                               até a exaustão

                                                  Só não peço namorado
                                                  nem amante ou paixão
                                                  sou gato escaldado na vida
                                                  dispenso o que possa trazer aflição




   Maat* 2017

NAMORADOS

                                          
            
                                          QUERIA ESCREVER BONITO
                                          SOBRE O DIA DOS NAMORADOS
                                          FALAR DE AMOR E BEIJINHOS
                                          LASCIVOS E DESPUDORADOS


                           ROMEU E JULIETA NA ITÁLIA
                           NO BRASIL MARILIA E DIRCEU
                           CECI E PERI NA FLORESTA
                           EU COM BACO TRAINDO MORFEU

         SANTO ANTONIO QUE ME PERDOE
         MEUS LIMITES SÃO AMPLOS DEMAIS
         NAMORADINHO A MODA ANTIGA
         É DEMODÊ NÃO QUERO MAIS



   
                          Maat* 2017

domingo, 11 de junho de 2017

AGONIADA

Onde estão as pessoas que um dia,passaram pela minha vida?
Algumas me decepcionando,outras trazendo alegria ?


Onde estão os meus professores, que me ensinaram a ler e escrever ? 
Que se emocionavam comigo na escola, a cada evoluir do saber ?

Meus pais, onde estão? Onde foram ?
 Em que lugar do universo se escondem ?

Parentes…tios…alguns primos…
Pegaram todos o mesmo bonde ?

Sinto a vida minguando e vazia 
de gente querida que nunca mais vi

ainda sobram algumas que eu vejo

em festas,velorios,aqui e alí.



 
                                                              Maat* 2017

terça-feira, 6 de junho de 2017

ESPELHO NO ESCURO


O escuro do quarto me inspira
a olhar para dentro de mim
Meu Deus ! Que bom que mudei !
Meu passado foi muito ruim

Amadureci com baixa auto estima
cuidando de quem precisava
filhos,alunos,marido...
Quanto a mim,me abandonava

O escuro do quarto é o espelho
que reflete minha nova imagem
Me amo,me cuido,sou grata
Sou Fênix em nova bagagem
      Maat* 2017

ANGUSTIADA

O aperto que sinto no peito
é angustia de querer ajudar
evitar que o outro sofra
e depois venha a se lamentar

Justamente porque já sofri
construindo um passado com dor
queria apoiar quem precisa
com carinho,conselho e amor

Maat* 2017

segunda-feira, 5 de junho de 2017

DESLOCADA

DESLOCADA

Não seio que fazer
onde ir ou aonde ficar
não existe um lugar para mim
que seja meu onde eu possa estar

As vezes fico invisível
as vezes nem tento falar
melhor ficar em silencio
muda, estátua…sem respirar


Maat*2017

AMARGURADA

AMARGURADA

Meu Deus que situação!Que aperto no fundo do peito…


Quem dera os caminhos se abram
trazendo alívio e acordo bem feito


Meu coração amargurado
quer solução e entendimento
que tudo se resolva
com sabedoria e discernimento
           
Maat* 2017

domingo, 4 de junho de 2017

TRAVADA

TRAVADA

Travada,bloqueada
não dá nem pra dedilhar
é tanto corre corre
não consigo nem pensar

Energia em turbilhão
não dá nem pra descansar
que dirá fazer poesia
montar versos e rimar

Maat* 2017

JUSTIÇA

Confio na Justiça Divina
que nunca tarda e nem falha
Justiça que tem tempo certo
Tempo de Deus que não desampara

Confio nas almas puras
nos homens justos que tem na terra
naqueles de boa vontade
evoluídos que não fazem guerra

Confio que o amor existe
de modo puro e verdadeiro
sem a mentira e a falsidade
de desejos ocultos e interesseiro

                                                   Maat* 2017  
 

ALVORECER

Esperando a esperança chegar
e fazer pouso no meu coração
antes que seja tarde demais
antes do tempo sem compaixão

Que a esperança chegue logo
e faça a vida acontecer
pois já sinto cansaço no corpo
e a alma  aflita a envelhecer

Ainda resta um tempo novo
para um novo alvorecer
Tempo de paz e harmonia
e vida nova por merecer

                                                                        Maat* 2017    


SOFRENDO

SOFRENDO

A dor que eu sinto no peito 
me escraviza ha anos e dias
as situações se repetem de novo
e eu sofro de noite e de dia

Para alguns os filhos libertam
para outros é prisão eterna
Não sou dona da minha vida
atrelada aos filhos,sofro deveras

    Maat* 2017

SEMEANDO PAZ