LIMPEZA

domingo, 26 de julho de 2015

VERBOS PASSADOS

Eu nadei,eu comprei,eu andei.
Eu curei,eu orei,eu pintei.
Eu saí,eu comi,eu bebi.
Eu escrevi.
Eu criei,eu cantei e eu ri.
Eu dancei.
Eu pensei e me emocionei quando quis.
Há..! por que eu quis ? A partir daí,não consegui conjugar mais nada. Nenhum verbo,nenhuma ação. E todas as minhas emoções, ficaram desconjuntadas.
...eu quis,eu quis,eu quis...
Agora tá feito. O que era para ter sido não foi,porque fiz escolhas quando quis.E tudo que eu quis,hoje está no passado.

.
...quisera eu,não ter querido...
                                                                  *PenhaBoselli*
                                                                                                          MAAT / 2014

sábado, 25 de julho de 2015

MOULIN ROUGE


O tempo urge,a vaca muge,e o príncipe surge.
Troco de roupa,e passo batom e rouge.
Patética cena,em frente ao espelho,me vejo com a roupa do Moulin Rouge.
Viajo no tempo…
Como arrumar casamento assim ?
Os tempos mudaram,a vida é outra.

O corpo é novo,mas a alma antiga,não desiste e insiste. Continua no espelho se maquiando,ou em cima do palco dançando can can.
Permaneço no bar esperando um príncipe. Com batom e rouge,dançando can can no cabaré  Moulin Rouge.

                                                 * PenhaBoselli*
                                                                        MAAT / 2013
                 
                     

quinta-feira, 23 de julho de 2015

ACEITAÇÃO

A tarde é curta,a manhã é curta,e a noite é sofrível,porque durmo com as galinhas,tenho medo do escuro,e da solidão.

O tempo urge,Deus me unge,e o mal sucumbe.

No sufoco,as gotas caem aos borbolhões.Gotas de vida vivida em etapas : sofridas,sem nexo,sem conexões.

A esperança está com pressa e se agita.Sabe que o tempo não pára e pede atenção : zelo com a vida,misericordia e aceitação.

O passado sofrido,traz luz no presente e compreensão.
Tudo está certo,tudo se encaixa,no imenso universo do meu coração.

                                               *PenhaBoselli*
                                                                                                    MAAT / 2015

segunda-feira, 20 de julho de 2015

PALETA TERRA

Eu pinto a vida,pinto a tela e pinto a alma
Eu pinto o mundo que está cinza e sem cor
Eu pinto a cara das pessoas com um sorriso


e pinto o coração com a cor do amor

Eu quero um mundo muito claro e colorido
salpicado com as tintas da paleta
céu e terra em profusão de belas cores
um só mundo,uma só alma,um só planeta.

                                                 *PenhaBoselli*
                                                                                   MAAT / 2015

         

domingo, 19 de julho de 2015

COISAS BOAS DA VIDA

Cheiro de café.
perfume de flor.
criança brincando feliz

um abraço acolhedor

Jantar bem temperado
Música que emociona


presente inesperado
chá quente na poltrona

Cheiro da seiva de grama no ar
colibri no jardim sugando uma flor
manga chupada lá no pomar

cama macia com bom cobertor

o entardecer laranja ou dourado
a renda branca da espuma do mar
um abraço e um beijo roubado
a vida pulsando sem nunca parar.
 

barulhinho da chuva caindo
a sobremesa mais apreciada
um bom livro de história no colo
e uma noite em alguma pousada
 

Viver bem, é viver com paixão, as maravilhas que a vida traz
compartilhando tudo o que somos,com sinceridade,alegria e paz.

                                                               *PenhaBoselli*
                                                                                                              MAAT / 2015 




    
                                             

sábado, 18 de julho de 2015

O ABRAÇO

Abraço não tem hora,não tem tempo,não tem cor.
Abraço tem vontade,tem cheiro,tem sabor.

Abraço bom e estimulante é abraço inesperado
pega a alma de surpresa,não tem nada combinado.

Se o abraço é expontaneo,tem sorriso e tem calor
o coração fica feliz,e a alma cheia de amor.

Abracemos, pois...

 Antes que o corpo pereça.
 Antes que a alma alce voo
,e antes que o amor esmoreça.

                                                     *PenhaBoselli*
                                                                                               MAAT /2015 

 

                                                 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

AONDE ESTÃO OS ANJOS ?

Aonde estão os Anjos que não entram nos meus sonhos e não vem falar comigo ?
Aonde estão os Anjos,que me cercavam,adulavam,me guardavam e que eram meus amigos ?

Para onde foram ? Desistiram de mim ?
Por que se afastaram e me abandonaram,me deixando assim ?

A noite se alonga interminável sem Anjos por perto.
Sozinha no quarto,aguardo que os Anjos retornem a mim.Pois sempre fui crente,devota fiel e carente de afeto.

                  

                                                                                         *PenhaBoselli*
                                                                                                            MAAT / 2015    

REBOBINANDO O TEMPO


Eu rebobino minha vida,desenrolada que nem carretel. Rebobino as situações do meu dia,para enxergar além do meu véu.

Retomo passagens do dia,vividas mecanicamente.Relembro as mais importantes,vividas emocionalmente.


Rebobinando o passado e o presente eu tento entrever o futuro,consciente que o mundo que eu vivo,sou eu quem escolho e construo.
                                               *PenhaBoselli*
                                                                                                                MAAT / 2015


domingo, 12 de julho de 2015

GRATIDÃO ÁS ESTRELAS

Obrigado ás estrelas que brilham,e revelam vida no céu.
Obrigado pela proteção,desse imenso e iluminado véu.

Obrigado por existirem e mostrar que eu não estou só.
Obrigado por me escutarem,apesar do silencio ao redor.

Ver o céu salpicado de estrelas,ativa memórias de um mundo distante
Desperta na alma a missão esquecida,a busca por luz de maneira incessante.

Gratidão ás estrelas do céu,suporte de apoio para almas viajantes.


Gratidão pelos sonhos que inspiram,e pela luz cristalina e vibrante.
                                                           *PenhaBoselli*
                                                                                              MAAT / 2015

sábado, 11 de julho de 2015

FEL

Misericórdia Senhor…porque a língua é maior que a boca.A crítica mais amarga que fel. O diálogo flui confuso,como torre de babel.

As palavras cheias de bilis,amargam qualquer situação,expressando ressentimento e forte oposição.

O azedume vira rotina,e se instala em qualquer comentário.
Perdeu-se o discernimento,de falar só o necessário.

Observo em silencio,e aguardo.
Talvez um dia a mudança.
De ouvir sem corromper os assuntos,e falar sem usar a balança.
                                                    *PenhaBoselli*
                                                                                                      MAAT / 2015


SEGREDOS

PORTEIRAS QUE GUARDAM SEGREDOS
SUSPIROS DE AMORES PERDIDOS.
POR QUEM GEMES AGORA AO ABRIR?
POR QUEM GEMES DEPOIS AO FECHAR ?
ROUBASTES DE QUEM OS GEMIDOS ? QUE INSISTES EM MANIFESTAR ?

                  
                                                  

                                                                         *PenhaBoselli*
                                                                   MAAT /2015

TOUR GASTRONOMICO

Vou para a Capadócia,tomar chái e flutuar no balão.
Vou para o Rio de Janeiro,comer feijoada,no morro do Alemão.
Vou para o nordeste,comer carne seca e dançar o baião.
Vou para o Rio Grande do Sul,comer churrasco e tomar chimarrão.
Vou tomar choppe e cerveja,no Pingüim,lá em Ribeirão.
Vou pra Sampa,no Bexiga,comer macarrão.
Vou pra Lisboa,comer bacalhau e tomar vinho Dão.

Vou para a Itália,mangiare uma pizza de manjericão.
Volto pra Sampa,e vou no Mercado,comer sanduíche de mortadela com pão.
                                                            *PenhaBoselli*
                                                                                                     MAAT /2013

PASSAGEM



Se a morte é passagem,tudo bem,é bom saber.
Começamos outra vida,não há nada a temer.
Mas a ponte,tem pedágio ?Vai de carro?de canoa?Levitando que nem anjo ? ou caindo em turbilhão ?


Ninguém sabe,ninguém diz,muito menos quem já foi. Se voltou tem outro nome,outro corpo e outra cor.
Falam tanto da passagem,mas ninguém sabe explicar.Fato é que quem passou, não voltou para contar !
                                                        *PenhaBoselli*
                                                                                                           MAAT / 2012