LIMPEZA

terça-feira, 19 de abril de 2016

DESTINO

DESTINO
   Muito palavrório
       muita gritaria
          muito discurso oco
              nenhuma garantia


Falaram,gritaram,xingaram

                  bufaram,espumaram e babaram
                          abraços,tapinhas no ombro
                  Que escombro !…ops…digo…que assombro !

Nenhuma garantia
A roda vai girar?
Quem é joio? Quem é trigo ?

Será que vai mudar ?

        O destino em desatino 

        O céu a contemplar

        O caos se apoderando

        bocas vãs a blasfemar 



                  A Pátria,entrego a Deus
                  e me ponho a rezar

                  Defendei-nos Miguel Arcanjo !
                  dos que vão nos governar


                                                                                                 PenhaBoselli* / Maat  2016

segunda-feira, 18 de abril de 2016

INVOCAÇÃO Á LUA

Ó lua branca que flutua no céu
vem morar na minha alma
limpa nela todas as manchas
fazei-a pura como teu véu
                  Ó lua brilhante que flutua no céu
                  vem morar no meu coração
                  fosco,sem brilho,sem emoção
                  traga tua luz,teu amor,teu clarão
                                                

Ó estrela que cintila entre as nuvens
Vem iluminar minha mente indecisa
sinaliza um caminho seguro
me guia,me mostra,me avisa
                Ó brisa suave que toca meu rosto
                adentra teu sopro no meu coração
                marcado em vida por tanto desgosto

                     fazei-o liberto de toda aflição
                         
                                              
       PenhaBoselli* / Maat / 2016

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Ó ROSA FORMOSA

                                 

Ó rosa formosa
que me enche de prosa
Como és arriba,es abajo
Vem e fica comigo
adormece no meu abraço

Ó rosa formosa
que exala perfume e amor
Como es abajo,es arriba 

no jardim do universo
és a mais bela flor


                                                       Maat / 2016

segunda-feira, 4 de abril de 2016

ENQUANTO A ESTRELA BRILHA

Vejo sempre uma estrela no céu,muito linda e reluzente
Fico olhando em silencio profundo,e medito humildemente.

Enquanto a estrela brilha,eu penso:
o que devo escrever ?
Enquanto a estrela pisca,eu penso:
como devo escrever?

Meu medo é que a estrela,um dia,se canse de mim por saber
que só fico pensando...pensando...e da vida nada viver.


                                                                              PenhaBoselli*  -  Maat / 2016