LIMPEZA

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

TRISTE ENGANO



Não ! Não era a luz do por do sol. Era o fogo queimando a serra.

O pássaro que tentou voar,não era fênix ressurgindo das cinzas. Era um gavião com as asas em chama…

Eu atônita, perplexa e paralisada.
A Terra gemendo de dor e as labaredas avançando como um exército desorientado. Contive os gritos, e na minha impotência muda, pude escutar a arvores pedindo socorro.

Como pode acontecer ? Aonde começou ? Em que momento ?

Observo o verde se tornando cinza e depois preto como carvão.
 Compreendi ,no meio da tragédia , o significado real das palavras  “natureza morta “
  Ajoelhei em prece e súplica, não para pedir chuva,mas para pedir perdão aos milhões de elementais que desfaleciam sem vida, engolidos pela fúria avassaladora das impiedosas salamandras ígneas.



                                            Maria da penha Boselli* / Maat* 2017
             

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

#morfeulevaeu


             HOJE SOU LUA MINGUANTE
 

bexiga murcha
flor caída
to mais pra copo de requeijão do que taça de bacará
fininha...cansada...sem brilho e minguada

# morfeulevaeu
fui !

                                                  Maat* 2017


quarta-feira, 16 de agosto de 2017

ISOLAMENTO

Estou perdendo a paciência
com mídia e televisão
notícias sensacionalista
comentários inúteis e obstrução

   Não me envolvo com grupos e encontros
   que se sustentam por sedução
   conversas que corrompem assuntos
   comentarios pautados na má intenção

      Cada vez me isolo mais
      da vida regada a frivolidade
      prefiro o silencio do quarto
      do que os desvarios da sociedade
                        
                                            Maat* 2017

terça-feira, 15 de agosto de 2017

SERÁ ?

Será que vai ter briga?

Será que vai ter discussão ?

por causa da comida ?

por causa da televisão?

     Será que saio do quarto ?

     
Será que finjo não estar ?
     
Vou rezar  com muita fé
     
de que hoje ninguém vai brigar

          Haja paciência Senhor !


          com farpas trocadas no ar
          nem na cozinha eles se entendem

          
quando estão juntos para jantar


                  
                                       
MAAT* 2017

EU QUERIA

Queria que Deus calasse minha boca, para que meu coração pudesse falar
que tampasse meus ouvidos, para que minha alma pudesse escutar

     Queria enxergar com os olhos, que veem além do véu
     não com os olhos comuns, que não enxergam as coisas do céu

           Vou calar os sentidos do corpo que embaçam a conexão
           libertando minha alma atada, o terceiro olho e o coração


                                   Maat* 2017

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

BIOGRAFIA

RETROSPECTIVA
 

Pensando nas vidas que tive.Aquelas que começo a lembrar. Fui donzela,fui fidalga,fui rameira. Fui escrava,fruta doce do pomar.

Fui amiga de sinhá cheia de sonhos,que virou freira só pra não poder casar.
Dancei muito no terreiro e na fogueira,fiz amor a noite inteira sem parar.

Assei peixe na folha de bananeira e fiz doce lá no tacho do quintal : 
goiabada,marmelada e ambrosia,para fidalgos que vinham no sarau

Sobremesas e docinhos fiz de monte : cocada mole e bolo branco com cajá
Guloseimas confeitadas com amor,para deleite do senhor e da sinhá.

Amamentei os bacuris lá da fazenda,dos cabritinhos da patroa fui babá. Muita gente anos depois me procurava,pra benzer,curar inveja e mau olhar.

Hoje sou mulher sozinha e letrada. Sem patrão,marido besta e coroné. Nessa vida trouxe dons já conhecidos : benzer doente e ler borra de café.

                     


                                                                        Maat* 2017


terça-feira, 8 de agosto de 2017

EU E A NOITE

MAIS DE MEIA NOITE
EU EM PAZ SÓZINHA NO QUARTO
RECHEANDO O TRAVESSEIRO
COM SONHOS QUE ESTÃO EM AGUARDO


     

NA LUZ DO ABATJOUR BEM SUAVE
     MEDITO NA VIDA E O PASSADO
     OS MEDOS QUE SUPEREI
     MEU PROGRESSO E MEU EGO CURADO

          COMO É BOM O SILENCIO DA NOITE
          MESMO QUANDO ESTAMOS CANSADOS
          A PAZ DA MISSÃO CUMPRIDA
          NOS DEIXA DORMIR SOSSEGADOS



                                                                         Maat* 2017

sábado, 5 de agosto de 2017

OPÇÃO

Melhor versejar a esperança
do que a batalha perdida
Melhor exaltar o herói
do que a donzela iludida

     Escolhi poetizar a colheita
     que separa o joio do trigo
     ignorei as ervas daninhas
     que se multiplicam como inimigos

          Optei escrever sobre o bom
          e nunca falar sobre o mau
          exaltar a esperança e a fé
          e não versejar sobre o caos






                                                                        Maat* 2017
         

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

AFLIÇÃO

Triste e angustiada
cheia de preocupação
contas,filhos,desentendimentos
ficando cansada de tanta aflição

     O tempo me fez exausta
     de tanto agir com moderação
     mediando,mantendo o equilíbrio
     tentando poupar o meu coração

          A ansiedade avisa e antecede


          que os conflitos vão continuar
          tenho fé que um dia,quem sabe
          a paz lá em casa volte a reinar


                                                                       Maat* 2017

DESGOSTO

Desgosto com filhos que brigam
não evoluem e não amadurecem
Desgosto de voltar para casa
e suportar discussões que me aborrecem

A vida ficando mais curta
o tempo passando voraz

filhos que não se entendem
não se sustentam e roubam minha paz


                                                                       Maat* 2017


segunda-feira, 31 de julho de 2017

PACIÊNCIA

Paciência é virtude Divina
que não se aprende assim de repente
é treino dia após dia
exercício contínuo e frequente

Perde-la é retrocesso
traz aflição e desentendimento
o corpo padece ansioso
e o espírito se faz turbulento

     Maat* 2017


domingo, 30 de julho de 2017

TRANSFORMAÇÃO


Transformação

 

Minhas imagens imobilizadas

em álbum de fotos e livros

revelam um passado distante

instável,angustiante e sofrido
 

Mas hoje as imagens fluem

em constante transformação

como ícones do caleidoscópio

que se agregam com perfeição
 

Nova imagem,novo porvir

selfies em transmutação

Na tela do computador
EU colorida em ressurreição
             

                                                                        Maat*2017

quarta-feira, 26 de julho de 2017

MOSAICO DE MIM



MOSAICO DE MIM

Construi tantas imagens e selfies
que não sei mais qual é a fiel
dispersei a minha essência
em mosaicos de papel

      Fui musa de mim mesma
      selecionei minhas tesselas
      montei minha própria história
      fui rameira e fui donzela

             Fragmentei minha existência em pedaços
             e montei um mosaico da vida
             desenhando minha real imagem
             que jazia na alma esquecida

                                                                       Maat*2017


SIMPLICIDADE

SIMPLICIDADE

Minhas poesias são desprovidas de elitismo e intelectualidade
falo simples,escrevo simples e versejo com a alma que é simplicidade

Para alguns pode soar monótomo
para outros poesia banal
e outros sequer consideram que seja poesia real

Não questiono os versos que escrevo
ignoro de onde vem
são simples,não são rebuscados
sou portador de poetas do além

Maat* 2017

terça-feira, 25 de julho de 2017

TARDE LINDA

TARDE LINDA

Quando a paisagem contribui
a tarde é maravilhosa
Quando os filhos estão felizes
a tarde é deliciosa

   Quando os netos estão sorrindo
   minha alma se faz serena
   em comunhão com filhos e netos
   celebro em paz a vida plena


          
                                                          Maat* / 2017

ARREPENDIDA

ARREPENDIDA

Juro que vou rezar
arrependida pedindo perdão
constrangida,cheia de culpa
com remorso no coração



Nunca mais vou julgar alguém
emitir juízo sem usar a razão

meu erro foi inconsequente
s
ó resta agora pedir perdão


Maat* / 2017

segunda-feira, 24 de julho de 2017

SÃO JOÃO





SÃO JOÃO


São João olha para mim
e para o bilhete que eu comprei
Preciso de proteção
faz meu bilhete a bola da vez

Prometo dízimo gordo
caridade com o premio obtido
arrisco pular a fogueira
levantar mastro e ficar convertido


                                 Maat* / 2017

quarta-feira, 19 de julho de 2017

DISPARIDADE


                                             DISPARIDADE     

                                             Sol quente na rua lá fora
                                             ar gelado no apartamento
                                             corpo quente,cheio de vida
                                             coração triste e friorento

                                                 Difícil achar meio termo
                                                 acordo e sincronicidade
                                                 a alma isolada e sofrida
                                                 mantém-se neutra na disparidade


                                                                                    Maat* 2017
         

segunda-feira, 17 de julho de 2017

POTE DA FELICIDADE



POTE DA FELICIDADE



Essas rolhas representam momentos
carinhosamente guardados no pote feliz
Pote cheio de vida plena
vida farta que a gente quis

       As rolhas transbordam no pote
       compartilhando felicidade
       Urge arrumar outro pote
       que comporte mais prosperidade


                                                MAAT* 2017

ERRAR TENTANDO

ERRAR TENTANDO



Novamente a frustração
de que errei tentando agradar
quando penso : finalmente acertei !
vem cara feia daqui e de lá

Difícil agradar os filhos
me cansa de tanto tentar
quando meu jeito parece certo
recebo críticas que estou a errar

Um dia que só o tempo sabe
finalmente vou acertar
justamente por não fazer nada
por falta de forças para tentar
 
Maat* 2017

SKATISTA DO UNIVERSO



                            SKATISTA DO UNIVERSO


                           Quero remar nas ondas cósmicas
                           pendular nas rampas de luz
                           permanecer na base e no eixo
                           girar 180 e fazer a cruz

                                  Frontside,backside
                                  na luz arrisco manobras
                                  meu espírito a evoluir
                                  desafiando derrotas

                          Descubro a minha base
                          arrisco ollie extravagante
                          sou skatista do Universo
                          livre,ousado e itinerante

                                           Maat* 2017

                   

domingo, 16 de julho de 2017

A BUSCA

  Procuro estrelas no céu
    busco esperança na Terra

               volto de mãos vazias...

    O céu não tem estrelas
    e a esperança não espera

  

    Maat* / 2107

DESCONSOLADA

A culpa aflora na pele
abrindo feridas de vidas passadas
cobrando batidas no peito
me deixando desconsolada

       A alma aflita lamenta
       o coração triste chora
       a mente fica apática
       e a alegria vai embora


                                                          Maat* 22017

FRACASSO

Quando lamento que meus filhos fracassam
sinto culpa de quem fracassou
imediatamente me olho no espelho
são assim porque eu quem criou

         Cansada e disposta a entender
         busco motivos em vida passada
         juntando álibis que me libertem
         do karma diário no qual sou cobrada

                                         Maat* /  2017
                       

       

CONSUMAÇÃO

Minha vida ficou difícil
sem homem,sózinha e sem sexo
dispensei proteção masculina
meu saldo é minguado e sem nexo

       O $$$ ficou bem mais curto
       eu porém não perdi a esperança
       loteria,bingo,bilhetes...
       Quiça um dia,talvez,uma herança ?

                                        Maat* 2017


                                  

FILHOS

FILHOS

Lambuzaram minha cozinha
achando que iam ajudar
a pia tá transbordando
de louça suja que EU vou lavar

Quando um dia forem embora
talvez eu já esteja incapaz
carente e sem memória
e eles dizendo até mais !


Maat* 2017

EPIDEMIA NACIONAL



EPIDEMIA NACIONAL

O Brasil está doente
e os Xamãs não conseguem curar
temos politicos contaminados
que a Lava Jato vai vacinar

      O vírus se alastra na alma
      é um mal que remédio não cura
      medicar caráter doente
      exige vacina para nova postura


             Maat* 2017

sexta-feira, 14 de julho de 2017

MERCADO

MERCADO
Mercado de frutas, flores e ilusão
Mercado de peixe, frango e coração

Mercado de sementes, petiscos e queijos
Mercado de azeites, vinhos e beijos

A vida é um imenso mercado
onde tudo se negocia
desde o prato arroz com feijão
até sashimi de enguia

Negociam-se patacos, amor e sentimentos
crenças, sonhos, histórias, ideias
vida / morte e pensamentos



Maat* 2017

CULPA

Muito triste a sensação
de se sentir culpada por tudo
dos filhos criados sem pai
das crianças precoces no luto

Dói sofrer com litígio alheio
tentar ajudar e não conseguir
aguentar bate boca dos filhos
que ficam adultos e a discutir
 

Desafio após desafio,meu espírito quer evoluir
buscando paz no tempo que flui
silenciosamente sem regredir


                                      Maat* / 2017
               

quinta-feira, 13 de julho de 2017

ONDA ESTELAR

ONDA ESTELAR


Estou em nova onda
de escrever e versejar
que me traz inspiração
em vagalhões a me afogar

    As ideias se misturam
    as palavras vem do ar
    monto frases,faço rimas
    anoto tudo sem parar
        

        O horário é sempre o mesmo
        o Guardião a me esperar
        as mensagens vem em gotas
        de algum recôndito estelar


                Maat* 2017

CAOS



  CAOS

Buzinaço sem parar
luzes vermelhas a piscar
é gente querendo ir
ou fugir para algum lugar

   Cidade em clima de caos
   paulistanos querendo folgar
   é véspera de feriado
   o estresse está no ar

       Eu quietinha aqui no meu canto
       fico só a observar
       a loucura dos seres humanos
       fugindo de Sampa para algum lugar


Maat* 2017

SANTO ANTONIO



SANTO ANTONIO

Quando eu era bem mais jovem e vivia de ilusão
Rezava pra Santo Antonio,pedindo um casamentão

      Os anos porém me mostraram
      que também é possível ser feliz
      sem marido e sem casamento
      e dona do meu nariz

           Hoje é dia do Santo e eu fui rezar na capela
           agradeci pelo fim do casório
           e cumpri minha promessa acendendo uma vela


                                                    Maat* 2017

domingo, 9 de julho de 2017

INCONFORMADA




Olha o tamanho da pia
o monte de louça que tem pra lavar
é assim que tomo cerveja
ao contrário dos homens que bebem no bar


Cada um bebe como pode
e constrói seu momento de paz
de acordo com os limites
e momentos que a vida traz

Apesar de inconformada
arrumo a cozinha com afinco
Porém,existe um porém :
sabe...hoje é domingo !
Pô !

        

   Maat * 2017